Como nutrir o relacionamento mãe-filha desde a infância?

Estreito com sua filha desde a infância
Siga estes passos para ajudar a construir um relacionamento amoroso e estreito com sua filha desde a infância.

Se você tem uma menina, provavelmente vai querer começar a desenvolver um forte vínculo mãe-filha desde o início. Siga estes passos para ajudar a construir um relacionamento amoroso e estreito com sua filha desde a infância.

Método 1 de 4: amamente sua filha

Corre o risco de transmitir esses mesmos problemas para sua filha
Se você tem sentimentos negativos em relação à sua aparência ou forma corporal, corre o risco de transmitir esses mesmos problemas para sua filha.

A PESQUISA INDICA QUE AS MULHERES QUE AMAMENTAM seus bebês liberam uma substância química chamada oxitocina, que produz emoções amorosas e ajuda as mulheres a desenvolver um forte vínculo com seus bebês. O produto químico é liberado durante o parto e durante o contato com a pele do bebê, principalmente durante o ato de amamentar. Se você não pode ou opta por não amamentar, tente passar bastante tempo com o contato pele a pele para obter muitos dos mesmos benefícios de vínculo que teria com a amamentação.

  1. 1
    Comece amamentando sua filha no hospital. As mulheres têm mais sucesso com a amamentação quando tentam iniciar a amamentação exclusivamente no hospital.
    • Se desejar ajuda ou dicas para torná-lo mais confortável e ter certeza de que está produzindo leite suficiente, peça ajuda a uma enfermeira ou conselheira de amamentação enquanto estiver no hospital.
  2. 2
    Tente amamentar por pelo menos 6 meses. Os benefícios de vínculo da amamentação continuam enquanto você amamentar seu bebê.
    • Considere amamentar durante todo o primeiro ano para manter a rotina de acariciar e segurar seu bebê para que ele o associe com comida, conforto, segurança e amor.

Método 2 de 4: desenvolva uma rotina mãe-filha

Provavelmente vai querer começar a desenvolver um forte vínculo mãe-filha desde o início
Se você tem uma menina, provavelmente vai querer começar a desenvolver um forte vínculo mãe-filha desde o início.

A MAIORIA DAS FAMÍLIAS ATRAVÉS DA ROTINA PARA compartilhar tarefas, cuidar dos filhos e até atividades extracurriculares. Se você puder, tente realizar algumas atividades que você faz com sua filha todos os dias ou todas as semanas, para que ela se acostume a passar tempo com você em certos eventos.

  1. 1
    Faça da preparação uma experiência de mãe e filha. Divida com sua filha o banho, o penteado, a escovação dos dentes, o curativo e outras rotinas de higiene.
    • Mostrar a ela como se cuidar e estabelecer uma rotina na qual ela possa contar com sua atenção pessoal a ensina desde cedo que você está lá para cuidar dela.
  2. 2
    Deixe sua filha tentar ser como você. A imitação é a maior forma de lisonja e também indica que sua filha está tentando aprender com você as dicas de comportamento. Se sua filha tenta imitar sua linguagem corporal, atividades ou rotinas, convide-a a participar e aprender com você. No entanto, lembre-se de que ela é um indivíduo. Incentive-a a participar de atividades com você, mas deixe-a explorar seus próprios interesses.
    • Dê bons exemplos. Se você tem sentimentos negativos em relação à sua aparência ou forma corporal, corre o risco de transmitir esses mesmos problemas para sua filha. Aprenda a aceitar seu tamanho e suas imperfeições e ensine-a a amar a si mesma, independentemente das imagens da mídia muitas vezes irrealistas apresentadas no "corpo perfeito".
    • Sempre converse com sua filha abertamente sobre questões de imagem corporal. Seja honesto sobre seus próprios sentimentos e evite julgar a aparência dela. Se você acha difícil falar sobre isso, existem excelentes recursos disponíveis em livros e online para ajudá-lo a abordar a imagem corporal e questões relacionadas com sua filha.
  3. 3
    Traga sua filha para suas atividades favoritas. Se você adora correr, leve sua filha com você em um carrinho de corrida; se você adora fazer compras, observar as pessoas, cuidar do jardim, cozinhar ou ler, encontre maneiras de trazer sua filha com você ou ajudá-la a participar da ação ao seu lado.
    • Envolva sua filha nas tarefas domésticas desde o início, como uma forma de desenvolver responsabilidade pessoal, em vez de impor um "papel esperado". Se você tem filhos, inclua-os também, fazendo a mesma quantidade de tarefas domésticas, para que sua filha e seus filhos aprendam que as tarefas domésticas são de responsabilidade compartilhada por todos os chefes de família, para garantir o bom funcionamento da casa.

Método 3 de 4: mostre afeto à sua filha

Se sua filha tenta imitar sua linguagem corporal
Se sua filha tenta imitar sua linguagem corporal, atividades ou rotinas, convide-a a participar e aprender com você.

PARTE DA CONSTRUÇÃO DE UM vínculo MÃE-FILHA FORTE é oferecer demonstrações regulares de afeto. Tornar as demonstrações de amor e afeto uma rotina para sua filha ajuda a promover o amor, a lealdade e um senso de segurança e apreço em seu filho. Incorpore pequenas demonstrações de afeto em tudo que você fizer com sua filha.

  1. 1
    Diga a sua filha que você a ama com frequência. Criar uma filha que não tem dúvidas de que você a ama a acostuma a um relacionamento amoroso e de apoio com você; se ela se acostumar a ouvir e dizer as palavras "Eu te amo" desde tenra idade, saberá que o seu amor é algo que ela nunca terá que se preocupar em perder.
  2. 2
    Dê a sua filha sinais físicos de afeto. Especialmente quando sua filha é uma criança, cubra-a de beijos, abrace-a regularmente e incorpore o tempo de carinho em sua rotina regular de cochilos. Conforme ela envelhece, nunca pare de abraçá-la, tanto nos momentos bons quanto nos ruins. O poder do toque permanece importante ao longo de sua vida juntos.
    • Essas expressões físicas de amor não apenas ensinam sua filha a mostrar e aceitar afeto, mas também a acostumam a um relacionamento com a mãe que valoriza abraços e beijos regulares.
    • Como um bônus, a afeição física irá liberar mais oxitocina, cimentando seu vínculo mãe-filha com reforço químico.
  3. 3
    Ouça e mantenha-se envolvido. Sua filha saberá a diferença entre ouvir atentamente e fingir que está ouvindo. Se você não puder reservar um tempo para ouvir algo que ela tem a dizer em um determinado momento, sugira que você reserve um tempo para se sentar e conversar, e então corrija isso. Deixe-a saber que o que ela tem a dizer é valorizado e que você sempre encontrará tempo para ela.

Método 4 de 4: compartilhe experiências especiais com sua filha

UMA DAS COISAS MAIS CRUCIAIS que você pode fazer para desenvolver um forte vínculo mãe-filha com seu filho é reservar um tempo para se concentrar apenas nela. Como uma criança, isso pode significar apenas passar um tempo segurando-a na varanda dos fundos ou lendo uma história para ela. À medida que ela cresce, você pode aproveitar a oportunidade para levá-la individualmente nos dias de mãe e filha ao parque, biblioteca, shopping, teatro ou outros eventos especiais.

  1. 1
    Faça sua filha se sentir especial. Mesmo se você tiver outros filhos, é essencial passar algum tempo sozinho com cada um deles regularmente, para que eles saibam o quanto você os valoriza como indivíduo.
    • Arranje tempo para brincar um a um com sua filha como ela quiser, sempre que possível, e trate-a com beijinhos surpresa ou sinais de afeto.
    • Conforme sua filha envelhece, leve-a aos dias de compras mãe-filha, dias de corte de cabelo ou outras atividades que permitam que vocês dois passem o tempo apenas na companhia um do outro regularmente.
  2. 2
    Compartilhe sua vida com ela. Quando algo de bom acontecer no trabalho, dance com sua filha para comemorar. Se alguém falecer na família, converse com sua filha e chore com ela.
    • Compartilhar suas emoções e experiências com sua filha, a ensina que você a valoriza nos bons e nos maus momentos, e mostra a ela que seu vínculo mãe-filha é forte o suficiente para compartilhar triunfos e tristezas.

Pontas

  • Quando você tentar algo novo com sua filha, tente mostrar a ela que você valoriza a opinião dela e diga a ela que você se preocupa se ela está se divertindo.

FacebookTwitterInstagramPinterestLinkedInGoogle+YoutubeRedditDribbbleBehanceGithubCodePenWhatsappEmail